<Novembro 2006>
S
T
Q
Q
S
S
D
             
30      

Toca Da Montanha


Relacionado a viagens e expedições pelo mundo a fora,
seja de motocicleta, de carro,
de bicicleta ou a pé.


Projeto Nazca - Relatos

 

Introdução
Topo


20.11.06

\ \ Vigésimo Dia

Acordamos as 5:30 da manha, tomamos café as 6, pegamos um taxi com destino a Ollataytambo onde iriamos pegar o trem para Aguas Calientes as 9 horas. Normalmente é mais simples chegar ate la, o problema e que nos tivemos que nos desdobrar para conseguir conhecer a cidade sagrada, nao havia mais passagens de trem para la, foram quatro horas de ida e mais quatro de volta.
Ao chegar em Aguas Calientes, tivemos que comprar passagens de onibus que nos levassem ate Machu Pichu, só é possivel chegar la dessa forma, nenhum carro ou moto pode se aproximar do vale Sagrado. Lembrei de levar a carteirinha de estudante, mesmo sendo nacional, o que me valeu meia-entrada, o Dario acabou pagando inteira. Mas ta valendo…
Machu Pichu é de deixar qualquer um de boca aberta, a armonia da cidade Inca com a natureza é impressionante. Como tinhamos pouco tempo para ficar por la, tivemos que fazer um tour meio rapido, nao conseguimos ver de perto todas as partes da cidade, mas o que vimos ja foi o suficiente. No topo da montanha mais alta havia umas construcoes, mas nao tivemos pique para ir ate la, seria muito corrido pois precisavamos voltar para pegar o onibus, trem, taxi de volta. A altitude dificulta muito o paseio pois nos falta ar o tempo todo. O Dario disse que tem dó dos Incas pois se eles tivessem sede na hora de dormir, teriam que descer a montanha para pegar um copo de agua no riacho. Ele queria dar cenoura com veneno para uma Chinchila que estava por la. Dizem que a cidade esta deslizando alguns centimetros por ano, pudera, ela fica no topo de uma montanha, a beira de precipicios. As autoridades vao reduzir o numero de turistas para diminuir a chance da cidade desmoronar da montanha. Os precos de acesso a cidade sao absurdos, entrada, passagens, alimentacao em torno, tudo para arrancar ate o sangue dos turistas, contudo, a organizacao e a qualidade dos servicos sao de primeiro mundo, nem parece estar no Peru.
Tiramos varias fotos e esperamos que seja o suficiente para se ter uma ideia do lugar.
Encontramos no Peru varias pessoas que, ao escutarem que eramos brasileiros, diziam que o brasil era o maior pais do mundo, nem entendo por que eles dizem isso, mas enfim…
Depois de muito viajar, voltamos para Cuzco e descobrimos uma pizzaria excelente e barata, comemos duas pizzas e fomos dormir para reservar energias para o dia seguinte, 400 km ate Puno, em direcao de casa.

Esta é tradicional

Dupla de um

Parecem curvas de nivel, acho que sao.

Impressionante o encaixe das pedras

Olha a arquibancada

Retornando para Cuzco

Entrada da cidade

Nem parece foto

Sem comentarios

4 comentários

Em 27.11.06, às 21:17:14, junior disse :
???