<Novembro 2006>
S
T
Q
Q
S
S
D
             
30      

Toca Da Montanha


Relacionado a viagens e expedições pelo mundo a fora,
seja de motocicleta, de carro,
de bicicleta ou a pé.


Projeto Nazca - Relatos

 

Introdução
Topo


07.11.06

\ \ Sétimo Dia

Acordamos bem cedo, tomamos um café da manha reforcado, engraxamos a corrente das motos e fomos atrás de um mecanico em S P de Atacama para tentarmos conseguir um farol para a moto do Dario. Nao havia nenhum mecanico, tivemos que nos deslocar ate Calama, ha 100 km de onde estavamos, na esperanca de conseguir o farol, caso contrario, nao havia como continuar viagem. Estava calor e decidimos ir de shorts e camiseta, tolice nossa, tivemos que enfrentar o deserto de Atacama, no meio das montanhas, passamos muito frio. Chegamos em Calama por volta do meio-dia, corremos atrás de uma loja para conseguir um farol, nao havia nenhua, decidimos colocar um farol de carro mesmo. Onde compramos, o dono da loja sugeriu um lugar para instalarmos o farol, nos levou la pessoalmente, num muquifo regido por dois patetas, eram gente boa, mas muito enrolados, comecaram a mexer na moto, percebi logo de cara que nao ia dar certo. Por volta das 4 da tarde, o suporte que estavam desenvolvendo, de plastico, se partiu, sorte nossa, pois ele nao ia aguentar de qualquer forma. Confesso que bateu uma preocupacao, precisavamos ir embora, enfrentar o eserto sem agasalho, nao podiamos deixar a noite cair. Os mecanicos queriam que agente pagasse mesmo sem ter instalado nada, saimos pela tangente. Fomos na primeira loja que visitamos no dia para chorar as pitangas na esperanca de que o rapaz nos indicasse onde trocar o farol, nos levou numa oficina com outdoor da Honda, mas nao era Honda. O cara resolveu nosso problema, colocou um farol de Suzuki, redondo, mas estetica nao importa. Perdemos o dia correndo atrás disso, tivemos que sacrificar um passeio. A pesar de tudo, mais uma sensacao de vitoria. O torax do Dario ainda doi, as maos estao cicatrizando. Força Dario!

Depois

Antes